Betta

Betta

Descrição

O Betta (ou Betta splendens, o seu nome cientifico) é um peixe que pode adoptar um aspecto bastante diferente dependendo da sua variedade ser em cativeiro ou no seu formato selvagem.

Em cativeiro, que é isso que nos interessa para os nossos aquários, encontramos um peixe de cores brilhantes e de barbatanas grandes e pomposas, que dão um ar bastante vistoso ao nosso peixe.

Existem uma serie de variedades, sendo grande parte delas criadas artificialmente por pessoas. Na Tailândia inclusive, existem espécies que são criadas para serem agressivas e participarem em lutas.

Mas normalmente para além da cor do Betta, algo que vai mudando consoante a variedade que se trata é mesmo a sua característica cauda.

Os machos naturalmente já são relativamente agressivos independentemente da variedade que se trata, mas essa agressividade apenas parte contra machos da mesma espécie, porque num aquário comunitário cheio de peixes de outras espécies não haverá qualquer problema.

Querendo ter mais do que um Betta no aquário, o ideal será mesmo colocar apenas um macho e duas ou três fêmeas. Mais que isso poderá ser um pouco arriscado, no entanto as fêmeas são bem mais amigáveis.

Aquário

Apesar de ser um peixe que gosta de estar perto da superfície, não necessita de um grande aquário para sobreviver, até que não cresce muito. Com um aquário de 30 ou 40 litros já é possível manter um macho Betta.

Em relação à água, esta deve ter uma temperatura que ronde dos 25 a 28 graus e um pH que ronde os 6,5 a 7.

Como dissemos à pouco, é arriscado colocar mais do que um macho no mesmo aquário devido à sua agressividade, mas dá-se perfeitamente bem com outras espécies, sejam elas machos ou fêmeas. No entanto pode acontecer a disputa de território entre um Betta macho e outro macho de qualquer espécie igualmente agressiva.

Com as fêmeas Betta não acontece tanto e por norma dão-se bem.

Dieta

Podemos encontrar facilmente ração específica para o Betta, mas esta não deve ser a única fonte de alimento. Larvas são também algo excelente para complementar a alimentação nutritiva que a ração já fornece.

Reprodução

A reprodução dos Betta não é difícil, mas requer alguma preparação e a nossa influência para que tudo corra bem. Um casal de peixes Betta deve ser colocado num recipiente ou aquário pequeno (10 litros) e ambos devem ser separados por algo que os permita ver um ao outro (vidro, rede, qualquer barreira transparente).

Depois, o macho irá criar bolhas que adaptará as condições da água de forma a que esta seja a indicada para a procriação. É nessa altura que devemos remover a barreira para que ambos se juntem.

Quando a fêmea libertar os ovos, o macho irá fecundá-los e posteriormente levá-los para o ninho de bolhas que criou inicialmente.

Neste altura a fêmea deve ser removida do aquário rapidamente. O macho Betta irá assumir uma postura defensiva e atacar qualquer peixe de qualquer espécie que se aproxime dos ovos, e a fêmea tentará comer estes mesmos ovos (daí a principal importância em fazer-se tudo num aquário ou recipiente em separado).

Quando os alevins já conseguirem nadar à vontade, já podemos retirar o Betta do aquário pois a sua missão de pai protector foi bem-sucedida.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Peixes:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook