Discus

Discus

Descrição

O Discus, Peixe-disco ou mesmo Symphysodon discus é um peixe originário da Bacia do Amazonas. Ele no seu estado selvagem pode ser encontrado nas margens de rios e pequenos lagos, e é bastante característico não só pela sua diversidade de cores mas também pelo seu aspecto delgado mas redondo dependendo da perspectiva, em forma de disco.

Este peixe pode assumir vários padrões e cores, e no seu estado mais selvagem estes padrões são excelentes para se camuflarem entre as raízes das árvores localizadas nessas mesmas margens.

É um peixe bastante bonito de se ter num aquário é verdade, mas é um pouco exigente, pelo que não é exactamente o melhor peixe para principiantes.

O Discus é tímido e sensível, pelo que requer vivem em espaços não muito movimentados, e de preferência com bastantes sítios onde se esconder. Apesar desta característica, se não forem assustados podemos vê-los a nadar elegantemente no aquário.

Aquário

Apesar de serem delgados, os Discus precisam de espaço no aquário. O mínimo é dispor de um aquário de 150 litros, com uma altura de cerca de 50 cm. Isto no mínimo mesmo, pois se quisermos vários exemplares, o aquário deve ser consequentemente maior.

Este peixe de água doce requer também que a água seja mesmo muito doce e clara. O pH desta deve ser ácido, entre 5 a 6.5, e a temperatura deve variar entre os 28 e os 32ºC. Por este motivo não é um peixe que possa viver juntamente com muitas outras espécies de água doce, pois a maioria das mais populares preferem temperaturas ligeiramente mais frias. A dureza deve rondar os 3 e os 10 dGH.

Muitos pensam que os Discus vivem bem num aquário pouco iluminado e isso não é exactamente errado, mas acontece que quanto menor a iluminação, mais tempo passarão escondidos e será mais difícil apreciar as suas bonitas cores.

O peixe-disco vive bem em aquários comunitários, mesmo com estas características necessárias na água. No entanto é necessário ter em atenção para não os misturar com peixes com tendências agressivas, pois estes também são atractivos.

Dieta

Os discus comem de tudo um pouco, pelo que a única dificuldade é em fornecer uma dieta devidamente nutritiva (o que não é muito difícil, de qualquer das formas). A alimentação deve ser feita em 3x diariamente, mas em quantidades reduzidas.

Reprodução

Não é um peixe fácil de reproduzir, em grande medida devido às exigências acerca das condições do aquário. Por esta razão é mais fácil criar o ambiente necessário num aquário de maternidade.

Neste aquário, a temperatura deve atingir os 30 graus, o pH não deve de passar dos 5 a 6.5 e a água deve ser praticamente imaculada. Qualquer distúrbio no aquário fará com a reprodução não aconteça.

A escolha do casal de peixes não deve ser feita por nós mas sim pelos próprios. Após a fecundação, o casal deve ser separado para que a fêmea deposite os seus ovos À sua vontade. De 48h a 72h nasceram os novos Discus. Depois de mais 72h, os alevins já nadam sem problemas.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Peixes:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook