Erros comuns entre os novatos

Aquário doméstico

Existem vários erros que as pessoas comumente cometem quando cuidar dos seus peixes, começando logo pelos aquários ao ambiente em que os peixes são colocados. Ao contrário de falarmos apenas do que se deve fazer, neste artigo vamos mencionar os erros que muitas pessoas cometem (a maioria inocentes até) para que possam ser corrigidos.

Incompatibilidade

Nos nossos artigos sobre cada espécie de peixe fazemos sempre referência às características necessárias do aquário para que um peixe viva la dentro. Mesmo a maioria dos novatos têm a noção que existem peixes de água fria ou quente e que estes não bebem da mesma fonte, mas tendem a ignorar detalhes como a temperatura da água por exemplo.

Cada espécie de peixe tem a sua preferência em termos de pH e dureza, por exemplo. Cada espécie também tem outras necessidades especiais, como por exemplo a presença de outros peixes da mesma espécie, a presença de algas específicas, entre outras opções. Deves conhecer todos estes detalhes para ter a noção se a nova espécie que queremos adicionar terá as condições necessárias para ser saudável.

Limpeza ineficaz

Limpar um aquário até é uma tarefa relativamente simples, e nem é tão trabalhosa como tratar da higiene de um cão ou de um gato. Mas é importante saber exactamente o que fazer e com que ferramentas. No nosso portal encontrarás alguns artigos que explicarão a importância de cada ferramenta e como fazer uma limpeza do aquário adequada.

Utilização da água da torneira

Apesar de a podermos beber, esta não é nada adequada para encher um aquário. Tanto o cloro como outros químicos que são colocados na água da torneira são prejudiciais para os peixes, pelo que devemos de tratá-la previamente. Ou então tratava com filtros ou ferramentas adequadas para a tornar apta para peixes.

Tamanho do aquário demasiado reduzido

Com a crise instalada, é normal venderem-se e serem cada vez mais populares os aquários pequenos. Mas para além do facto dos peixes se sentirem mais apertados, o que podem inclusive causar ataques de pânico, qualquer tipo de variação nas propriedades da água irá ter maior impacto, com todas as características negativas que isso podem trazer.

Falta da ciclagem do nitrogénio

A ciclagem é bastante importante para deixar o aquário pronto para receber peixes. De outra forma, é como colocar um peixe num recipiente qualquer. Muitos novatos do mundo da aquariofilia acabam por ignorar este passo, seja por falta de conhecimento ou por impaciência. Por isso é comum morrerem quase todos ou mesmo todos os peixes que os novatos colocam no aquário. Com esta operação, isto deixa de acontecer.

Alimentação em excesso

Não há peixe que não diga não à comida que lhe damos. Sempre que possível, comem o máximo que puderem, o que lhes faz bastante mal se for dada comida em excesso e isto é bastante comum nos novatos, que vão dando comida até que os peixes não aguentem mais. Nós é que devemos determinar a quantidade de comida que damos, e deve ser dividido em várias porções diárias.

Dieta pouco variada

Por muito boa que seja a porção e o ritmo a que alimentamos os nossos peixes, esta também deve ser variada. Existe um grande leque de comida que podemos dar, e dar sempre a mesma coisa arriscamos a não estar a fornecer os nutrientes certos, ou a que o peixe se farte da comida.

Adição de demasiados peixes de uma só fez

Quem dispõe de aquário já sabe que o ambiente deste é relativamente frágil. A colocação de novos peixes deve ser feita em fases também para habituar os actuais habitantes aos novos inquilinos. A adição em demasia criará agitação e contribuirá para a poluição do próprio aquário.

Sobrepopulação

Quanto mais peixes temos, maior deve ser o aquário. Este é um conceito que normalmente todos nós temos em mente, mas nem todos nós temos a noção da quantidade exacta, e acaba-se por criar um ambiente sufocante. Uma forma comumente usada é a de 1 litro por centímetro de peixe, mas ainda assim esta não é uma ciência exacta e nem sempre funciona dependendo das espécies. Pelo sim pelo não, mais vale ter um aquário que parece estar vazio do que um que pareça estar cheio.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Peixes:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook