Platy

Platy

Descrição

Este é um daqueles peixes que todos nós conhecemos mas quem não tem um aquário em casa não faz a menor ideia de que peixe se trata. Pois neste artigo vamos dar a conhecer o Platy, um peixe de aquário bastante comum.

É um peixe que dispõe de cores distintas esteja no seu estado selvagem ou em cativeiro. As espécies selvagens são maioritariamente verdes, mas os que vivem em cativeiro dispõem de outras cores, entre elas o vermelho, o amarelo, etc.

A verdade é que o Xiphophorus maculatus (o nosso Platy) pode adoptar um vasto leque de cores, mas não fica por aqui. A própria forma da sua barbatana também pode variar um pouco de exemplar para exemplar.

Por exemplo no caso dos machos, estes podem adoptar uma cauda mais afiada. Mas como dissemos, isto não é uma regra e são muitos os formatos que podem adoptar, pelo que não veremos todos os Platy machos com esta característica, nem tão pouco.

Aquário

O Xiphophorus maculatus de água doce tropical prefere uma água dura e relativamente alcalina no seu aquário. Um pH de 7.5 serve na perfeição, enquanto em relação à temperatura algo entre os 22 e os 25ºC serve na perfeição, mais coisa menos coisa.

Apesar de ser um peixe tropical, as águas calmas são o ambiente ideal para ele. Juntamente com todos os detalhes que detalhámos no parágrafo anterior, temos o ambiente perfeito para um Platy.

Se dispores de um aquário comunitário não te preocupes, porque ele dá-se na perfeição com outros peixes, inclusive de espécies diferentes da sua. A vegetação também favorece o ambiente para os Platy.

Dieta

A alimentação possível para estes peixes omnívoros é vasta, mas há algumas coisas que eles preferem e que são mais adequadas para eles do que outras. Normalmente tudo o que for alimentos verdes para peixes são excelentes para os Platy. Qualquer tipo de ração para peixes tropicais pequenos também é adequada, dependendo do que a compõe.

Reprodução

Os Platy reproduzem-se com grande facilidade, inclusive sem a necessidade de serem colocados em aquários de maternidade, a não ser que estejam situados em aquários juntamente com espécies que têm tendência a comerem as crias dos outros peixes.

Tanto é assim tão fácil que por vezes sem darmos conta no aumento do tamanho da fêmea, notaremos novos habitantes Platy no nosso aquário. Por isso é importante tomar atenção em especial quando há espécies com essas características que nos referimos.

Devido à fácil reprodução (em grande parte pela predisposição dos machos) é importante haver mais Platy fêmeas no aquário do que machos. Uma taxa de 2 a 3 fêmeas por cada macho é o ideal. Se acontecer o contrário, eles só irão incomodar a fêmea e esta acabará por não ficará disposta.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Peixes:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook